Neymar fica no centro das atenções e Philippe Coutinho leva os elogios

0
1

O destaque brasileiro nesta Copa do Mundo deveria ser Neymar, mas, após três jogos no torneio, é Philippe Coutinho quem recebe os elogios, e o jogador do Barcelona voltou a ter atuação decisiva na vitória por 2 x 0 sobre a Sérvia nesta quarta-feira.

Coutinho foi eleito melhor da partida na Rússia por duas vezes, mesmo número de cortes de cabelo diferentes de Neymar.

Contra a Sérvia, o meio-campista foi o foco criativo do Brasil, dando um excelente lançamento para Paulinho marcar com um toque por cima do goleiro sérvio.

Neymar e Gabriel Jesus também se beneficiam de seu talento criativo, enquanto Coutinho talvez tenha se beneficiado do apreço de seu amigo Neymar pelos holofotes.

Com todos os olhos no jogador mais caro do mundo, o meio-campista do Barcelona pode atuar com menos pressão e na Rússia ele tem espaço para fazer o que faz de melhor: avançar à frente, dar passes perfeitos e cortar para disparar chutes certeiros.

Ao contrário de Neymar, cuja obsessão pela fama trouxe tanto elogios quanto críticas, Coutinho, naturalmente tímido, é surpreendentemente discreto.

Ele foi eleito o melhor do jogo contra Suíça e Costa Rica, marcando gols em ambos, que terminaram com empate de 1 x 1 e vitória de 2 x 0, com gols nos acréscimos – mas ele ficou desconcertado quando perguntado se queria ser o melhor jogador do mundo.

“Eu nunca gosto de falar de mim mesmo, não é algo que passe pela minha cabeça”, disse ele a repórteres na base de treinamento da equipe.

“O que eu penso é preparar e evoluir e ajudar o Brasil a se tornar campeão mundial. Ser o melhor do mundo? Deixo isso para outras pessoas (decidirem).”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here