Quer trabalhar melhor? Então livre sua mente do açúcar

0
1

O trabalho leva os profissionais continuamente a situações de tensão e estresse. Para controlar essa ansiedade anti-produtiva, muita gente recorre aos doces – que além de saciar o paladar, gera sensação de tranquilidade e prazer. O açúcar, contudo, prega uma cilada aos trabalhadores, diz Vivian Acquah, especialista em nutrição corporativa. “Quando comemos doce, sentimos um prazer instantâneo. O problema é que, logo depois, o nível de estresse aumenta e o carboidrato faz a pessoa se sentir cansada, derrubando sua produtividade”, explica a holandesa, que é defensora de um estilo de vida mais saudável.

Rotina de alimentação

O profissional deve planejar o que vai comer logo pela manhã – e se alimentar de três em três horas. No café da manhã, o ideal é comer fibras, como cereais. Antes do almoço, uma fruta vai bem. O almoço deve ser rico em cores, porém sem produtos pré-fabricados, como salsichas e congelados. À tarde, um iogurte ou castanhas saciam a fome e alimentam. Por fim, o jantar deve incluir os principais vegetais da estação.

Uma opção para quem não consegue controlar a própria vontade é levar marmita e lanchinhos de casa. Além de econômico, é bastante saudável.

Foco nas compras

O momento das compras é fundamental para todo processo de educação alimentar, afinal delimita os alimentos que a pessoa vai consumir. A primeira dica é não ir ao mercado de barriga vazia para não comprar guloseimas. Crianças costumam tirar os adultos da dieta, então o ideal é deixá-las em casa.

Por fim, a tradicional lista de compras precisa ser feita para que o profissional não se esqueça de frutas, vegetais e alimentos naturais. Doces e bolachas devem ser deixados sempre para o final, já que são itens que devem ser consumidos com pouca frequência.

Participação das empresas

As empresas também perdem quando os profissionais se alimentam mal. E para remar contra essa maré, há diversas estratégias: elas podem incentivar a equipe a compartilhar receitas de pratos saudáveis, organizar almoços em grupo para restaurantes equilibrados e até oferecer workshops de nutrição presenciais e virtuais.

Educação alimentar

Com o açúcar, você não é a melhor versão de você mesmo. Isso não quer dizer que é necessário abolir definitivamente o doce de seu cardápio. Uma guloseima por semana, por exemplo, é ideal para quem está no início de uma nova dieta. Também é possível substituir produtos, como o chocolate ao leite pelo amargo.

Mudanças devem ser feitas aos poucos porque qualquer adaptação brusca pode levar à autossabotagem. O profissional precisa primeiro saber o que está comendo e ter consc

O post Quer trabalhar melhor? Então livre sua mente do açúcar apareceu primeiro em Newtrade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here